thewanderlust_wanderlist_indonesia

Indonésia, uma Terra de muitas terras com Miriam Augusto

Indonésia

A Indonésia, oficialmente República da Indonésia, é o maior arquipélago do mundo com mais de 17 000 ilhas? Mais de 255 milhões de habitantes? Mais de 200 grupos étnicos? Mais de 500 dialetos? É fácil constatar de onde vem o fascínio deste país!

Com uma cultura onde abundam templos antigos, música e rituais; Vida selvagem que vai do gigante pré-histórico dragão de Komodo aos orangotangos; Paisagens como florestas luxuriantes, férteis e extensos arrozais e savanas; Praias, ou melhor, pequenos paraísos onde é possível desfrutar das melhores ondas do mundo ou dar uma espreitadela nas águas com a maior diversidade mundial de peixes de recife coral; a Indonésia é um país com recursos infinitos e de rica diversidade, onde é difícil não existir nada do nosso agrado!

Tudo muda de região para região e de ilha para ilha e esta, poderá bem ser a tua grande aventura!

Destaques

  • Convive com as “pessoas da floresta”, os orangotangos;
  • Experiencia os rituais funerários em Tana Toraja;
  • Encontra-te com os Dragões de Komodo;
  • Faz snorkelling entre recifes de coral diversos e luxuriantes;
  • Envolve-te na vibrante cultura Balinesa.

Itinerário

Dia 1 - Chegada a Jakarta, Javaver

Selamat datang ke Indonesia!

A tua aventura começa ao aterrares na cidade de Jakarta, na ilha de Java!

Depois de instalado, poderás descansar das longas horas de voo ou então aproveitar para descobrir um pouco desta cidade, a capital do país.

Alojamento: hostel (possibilidade de WC partilhado)

Refeições: -

Dia 2 – Navegação pelo PN Tanjung Puting, Bornéuver

De manhã cedo partimos para a ilha de Bornéu, a selva que apela a todos os que procuram aventura em território desconhecido.

Chegados ao aeroporto de Pangkalan Bun, iremos até Kumai onde embarcamos num tradicional barco de madeira, o Klotok.

Pacificamente, exploramos as margens do rio Sekoyer e entramos no Parque Nacional Tanjung Puting, fazendo a primeira paragem no Centro de Reabilitação Tanjung Harapan. É aqui que a magia acontece! Começamos por ouvir galhos e ramos de árvores a quebrar, movimentos que nos parecem invisíveis e de repente, eles aparecem, os orangotangos, as “pessoas da floresta”! Deslocam-se pelo topo das árvores para virem buscar alimento! Um momento que jamais irás esquecer: o teu primeiro encontro com orangotangos!

Continuamos rio acima e os olhos mais atentos poderão ver macacos narigudos, cebus, gibões, crocodilos e, com sorte, alguns orangotangos ao longo das margens.

A noite é passada a bordo da embarcação e ao som da floresta.

Alojamento: barco típico klotok

Refeições: pequeno-almoço, almoço e jantar

Dia 3 – Navegação pelo PN Tanjung Puting, Bornéuver

Acordamos com o nascer-do-sol, envolvidos na imensidão da floresta.

Após o pequeno-almoço, seguimos a nossa viagem de barco até Pondok Tanggui e posteriormente para o famoso Centro de Investigação e Reabilitação Camp Leakey onde, logo à chegada, há a possibilidade de teres alguns orangotangos à tua espera.

Almoçamos e fazemos uma pequena caminhada (cerca de uma hora) pela floresta, que nos levará a mais um local de alimentação. A quantidade de orangotangos que aparece é fascinante e há ainda um gibão curioso!

Passamos mais uma noite a bordo, não sem antes vermos um espectáculo luminoso proporcionado por pirilampos.

Alojamento: barco típico klotok

Refeições: pequeno-almoço, almoço e jantar

Dia 4 – Navegação pelo PN Tanjung Puting, Bornéu e viagem para Rantepao Sulawesiver

A manhã é ainda passada no Parque Nacional, mas já fazendo o regresso ao aeroporto. É tempo de relaxar, desfrutar da paisagem, observar mais alguns animais selvagens e recordar os momentos passados no meio dos orangotangos.

Sulawesi é a ilha que se segue! Chegados ao aeroporto de Makassar, seremos transportados até Rantepao, numa viagem que durará cerca de 6 a 8 horas.

Alojamento: hotel

Refeições: pequeno-almoço

Dia 5 – Tana Toraja, Sulawesiver

Hoje é dia de mergulharmos na cultura indígena Toraja, chamada Aluk, ou “o caminho”! Uma herança cultural com milhares de anos, bem presente e preservada.

Em Toraja, uma pessoa não é considerada morta até à sua cerimónia fúnebre, tomate. É esta celebração que é tão absorvente e que vamos tentar assistir!

A cerimónia é realizada muitas vezes semanas, meses ou anos após a morte, o tempo suficiente para que a família do falecido possa recolher os recursos necessários para cobrir as despesas do funeral. Durante o período de espera, o corpo do morto é envolto em várias camadas de pano e mantido na Tongkonan, casa típica, acreditando-se que a alma deste permanece em torno da vila até ao momento em que o primeiro búfalo é sacrificado; em seguida, o seu espírito pode começar a sua viagem até Puya (a terra das almas, ou vida após a morte). A parte das lutas e sacrifício de animais é considerada pelos torajanos como a mais emocionante do evento. No entanto, é um ritual que pode perturbar os mais sensíveis!

O dia da cerimónia, caracterizado pelos sons de gritos e choros dos membros da família, é quando o morto é então enterrado, mas não no chão. O seu lugar descanso final é uma caverna no topo de uma falésia!

É por esses originais túmulos, perdidos no meio da maravilhosa paisagem Toraja, que vamos andar durante o dia de hoje!

Alojamento: hotel

Refeições: pequeno almoço

Dia 6 – Caminhada pelas montanhas de Tana Toraja, Sulawesiver

*caminhada de dificuldade média-elevada, não aconselhável a quem tem vertigens, problemas de coluna e doenças cardio-respiratórias

Pela manhã, começamos a nossa caminhada, que durará dois dias*, pelas montanhas de Tana Toraja. O destino final de hoje, é a aldeia Limbong, onde pernoitamos numa casa típica Toraja, Tongkonan.

Até lá, desfruta da fascinante propagação de montes e vales, onde elegantes búfalos chafurdam por entre os exuberantes arrozais e da simpatia, hospitalidade e quotidiano das gentes das pequenas aldeias por onde vamos passando.

Alojamento: tongkonan, casa tradicional Toraja

Refeições: pequeno-almoço, almoço e jantar

Dia 7 - Caminhada pelas montanhas de Tana Toraja, Sulawesiver

O dia de hoje, para os mais madrugadores, pode começar às 6 da manhã. Altura em que os meninos da aldeia se juntam todos para irem para a escola. Ficarás boquiaberto ao descobrir o caminho percorrido todos os dias por estas crianças!

Após o pequeno-almoço, retomamos a nossa caminhada de regresso a Rantepao.

É altura de descansar um pouco, jantar e apanhar o autocarro que nos levará até ao aeroporto de Makassar, para mais um voo.

Alojamento: autocarro noturno

Refeições: pequeno-almoço

Dia 8 – Ubud, Baliver

Cedo, voamos até à ilha de Bali, sendo o nosso destino Ubud, o centro cultural desta ilha, conhecida pelos seus bailarinos clássicos e músicos talentosos, bem como pelos seus pintores e artesãos.

A tarde começa com uma visita a dois dos templos mais emblemáticos dos arredores de Ubud. Começamos pelo Gunug Kawi. Prepara-te para descer e subir 270 degraus! Este templo consiste num complexo de 10 santuários esculpidos nas rochas de penhascos, com uma extensão de 8 metros de altura. Cada um dos santuários acredita-se ser um memorial à realeza balinesa do século XI, embora pouco se saiba a esse respeito.

Segue-se o Tirta Empul. Diz a lenda que a fonte sagrada foi criada pelo Deus Indra, cujas forças foram envenenadas por Mayadanawa. De modo a reavivá-las, perfurou a terra criando a fonte da imortalidade. Desde então, por mais de 1000 anos, os balineses têm sido atraídos para este local, banhando-se nas águas sagradas para cura e purificação espiritual. Alguém vai ao banho?

Alojamento: homestay

Refeições: -

Dia 9 – Ubud, Baliver

A manhã será dedicada ao Pasar Seni, o maior mercado da cidade. Para além de ser um ponto de visita obrigatório na cidade, é também o local ideal para quem quer fazer compras. Localizado em frente ao Palácio de Ubud, ruas cheias de vendedores exibem lenços de ceda, sacos de tecidos feitos à mão, cestas ou chapéus, estátuas, quadros pintados e muitos outros produtos artesanais confecionados nas aldeias vizinhas.

A tarde é livre, aproveita para visitar o Palácio de Ubud, tomar um café no Templo Taman Saraswati, conviver com os macacos da Monkey Forest, relaxar com uma massagem ou refrescares-te na cascata Tegenungan.

À noite, os templos são invadidos por espetáculos de Dança Balinesa, como opção, poderás assistir a um deles em modo de despedida desta magnifica cidade.

Alojamento: homestay

Refeições: pequeno-almoço

Dia 10 – Padang Padang, Baliver

Pela manhã, partimos rumo a uma das ondas mais pesadas da Península de Bukit, Padang Padang! Após o almoço, relaxamos entre mergulhos, nesta pequena praia a roçar a perfeição.

O fim da tarde, será passado no Templo de Luhur Ulu Watu, onde assistimos à popular Dança Kecak, enquanto o sol se põe.

Alojamento: hotel

Refeições: pequeno-almoço

Dia 11 - Navegação pelo PN de Komodo: Ilhas Kelor, Rinca e Kalongver

Hoje bem cedo, apanhamos voo em direção à Ilha de Flores, dominada pelos portugueses entre os séculos XVI e XIX. No entanto, é pelo Parque Nacional de Komodo que vamos navegar durante os próximos dias.

O Parque Nacional de Komodo, uma das Sete Maravilhas da Natureza, é constituído por várias ilhas de origem vulcânica, habitadas por cerca de 5700 lagartos gigantes, cuja aparência e comportamento agressivo levou a que fossem chamados de Dragões de Komodo, Varanus komodoensis. Uma espécie que não existe em mais nenhum lugar do mundo!

Uma vez a bordo, começamos a nossa navegação por um mar quente, azul turquesa, ponteado aqui e ali de ilhas castanhas. A primeira paragem é na ilha de Kelor e é precisamente aqui que começamos a descoberta do mundo subaquático. Se procuram vistas panorâmicas, a sugestão é subir ao ponto mais alto da ilha.

Segue-se a ilha de Rinca, onde, acompanhados por um Ranger, fazemos uma caminhada de cerca de duas horas ao longo da ilha, em busca dos famosos Dragões. O seu avistamento não é garantido! Contudo, a vida selvagem desta ilha é riquíssima e para além de macacos, poderás ver búfalos, veados-de-Timor, cavalos, javalis, bem como algumas espécies de pássaros.

O pôr do sol será junto à Ilha de Kalong, para assistirmos à migração diária das raposas voadoras que aqui passam o dia, rumo à ilha das Flores. Um espectáculo digno de ser apreciado!

Alojamento: cabine de embarcação

Refeições: almoço e jantar

Dia 12 - Navegação pelo PN de Komodo: Ilhas Padar e Gili Lawa Daratver

O nascer do sol será visto do topo da ilha de Padar, após uma caminhada de cerca de 30 minutos. Assim que os primeiros raios aparecerem, ficarás fascinado com a vista!

Regressamos ao nosso barco e iniciamos viagem para o Manta Point. Preparem as mascaras de snorkelling! Se tivermos sorte, assistiremos a um espectáculo fascinante de elegantes (e gigantes) mantas a nadarem, como se de uma dança se tratasse.

Mais duas ilhas se seguem! Brilhantes praias de areia branca e águas azuis surgindo ao longo do coral. Sem dúvida, uma das paisagens mais dramáticas que verás em toda a viagem! Aqui encontram-se as águas mais ricas do país, com recifes de coral diversos e luxuriantes, devido à água limpa, luz solar intensa e troca rápida de água rica em nutrientes a partir de áreas mais profundas do arquipélago. Mergulha noutro mundo, enquanto fazes snorkeling!

O por do sol será já junto à ilha Gili Lawa Darat, ou mesmo no seu topo para os mais aventureiros.

Alojamento: cabine de embarcação

Refeições: pequeno-almoço, almoço e jantar

Dia 13 - Navegação pelo PN de Komodo: Ilha de Kanawa e regresso a Labuan Bajo, Floresver

Durante a manhã fazemos uma última paragem antes de regressarmos a Labuan Bajo, na ilha de Kanawa. O mar azul turquesa que envolve esta ilha, em parte intocada, de está cheio de estrelas do mar e peixes coloridos. Aproveita para mergulhar uma última vez com a máscara de snorkelling ou desfrutar dos últimos momentos neste paraíso na terra, relaxando na praia de areia branca.

De novo a bordo, seguimos rumo à cidade de Labuan Bajo, numa viagem de cerca de 1 hora. Uma vez chegados ao porto, despedimo-nos da tripulação que nos acompanhou ao longo destes dias e somos transportados até ao nosso hotel.

O resto da tarde é livre para deambular por esta pequena cidade que nos proporciona magníficos pores do sol ao sabor de refrescantes cockteis ou para continuar a banhos, mas desta vez na piscina.

Alojamento: hotel

Refeições: pequeno-almoço e almoço

Dia 14 – Labuan bajo, Flores e voo de regressover

Último dia na Indonésia!

De acordo com a hora do teu voo, serás transportado até ao Aeroporto de Komodo

Boa viagem e terima kasih!

Alojamento: -

Refeições: pequeno-almoço

O que está incluído?

  • Dias: 14
  • Alojamento: 5 noites em hotel, 2 noites homestay, 1 noite em hostel, 4 noites a bordo de um barco, 1 noite em tongkonan (casa tradicional Toraja), 1 noite em autocarro noturno (sleeper bus)
  • Transportes: 5 voos domésticos, 1 viagem de autocarro, todos os transferes dentro das datas do programa
  • 22 Refeições: 11 pequenos-almoços, 6 almoços e 5 jantares
  • Atividades: Todas as atividades mencionadas no programa
  • Guia e entrada nos Parques Nacionais de Tanjung Puting e Komodo e guia local em Tana Toraja
  • Seguro de viagem nas datas do programa
  • Acompanhamento e orientação durante toda a viagem pela Miriam Augusto
  • Grupos: 5 (mínimo), 9 (máximo)

Wanderluster

O que não está incluído?

  • Passagem aérea internacional
  • Visto: Não aplicável
  • Suplemento single: 165€
  • Alimentação não especificada
  • Atividades extra
  • Donativo para a cerimónia fúnebre
  • Visitas não especificadas
  • Despesas de carácter pessoal
  • Gorjetas

Próximas Datas

17 a 30 Junho 2018 1830€ Disponível
5 a 18 Agosto 2018 1830€ Disponível

Testemunhos