thewanderlust_wanderlist_indonesia

Indonésia, uma Terra de muitas terras com Miriam Augusto

Indonésia

A Indonésia, oficialmente República da Indonésia, é o maior arquipélago do mundo com mais de 17 000 ilhas? Mais de 255 milhões de habitantes? Mais de 200 grupos étnicos? Mais de 500 dialetos? É fácil constatar de onde vem o fascínio deste país!

Com uma cultura onde abundam templos antigos, música e rituais; Vida selvagem que vai do gigante pré-histórico dragão de Komodo aos orangotangos; Paisagens como florestas luxuriantes, férteis e extensos arrozais e savanas; Praias, ou melhor, pequenos paraísos onde é possível desfrutar das melhores ondas do mundo ou dar uma espreitadela nas águas com a maior diversidade mundial de peixes de recife coral; a Indonésia é um país com recursos infinitos e de rica diversidade, onde é difícil não existir nada do nosso agrado!

Tudo muda de região para região e de ilha para ilha e esta, poderá bem ser a tua grande aventura!

Destaques

  • Convive com as “pessoas da floresta”, os orangotangos;
  • Experiencia os rituais funerários em Tana Toraja;
  • Encontra-te com os Dragões de Komodo;
  • Faz snorkelling entre recifes de coral diversos e luxuriantes;
  • Envolve-te na vibrante cultura Balinesa.

Itinerário

Dia 1 - Chegada a Ubud, Baliver

Halo! Bem-vindo à Indonésia!

A tua aventura começa na ilha de Bali!

Ao chegares ao aeroporto encontrarás a Miriam que te dará as boas vindas e te encaminhará até Ubud, o nosso primeiro destino.

Depois de instalado, poderás descansar das longas horas de voo ou então aproveitar para começar a descobrir o centro cultural desta ilha, conhecida pelos seus bailarinos clássicos e músicos talentosos, bem como pelos seus pintores e artesãos.

Alojamento: homestay

Refeições: -

Dia 2 - Ubud, Baliver

Hoje o dia começa com uma visita a dois dos templos mais emblemáticos dos arredores de Ubud. Começamos por Tirta Empul. Diz a lenda que a fonte sagrada foi criada pelo Deus Indra, cujas forças foram envenenadas por Mayadanawa. De modo a reavivá-las, perfurou a terra criando a fonte da imortalidade. Desde então, por mais de 1000 anos, os balineses têm sido atraídos para este local, banhando-se nas águas sagradas para cura e purificação espiritual. Alguém vai ao banho?

Depois desta ablução, seguimos a nossa viagem até Gunung Kawi. Prepara-te para descer e subir 270 degraus! Este templo consiste num complexo de 10 santuários esculpidos nas rochas de penhascos, com uma extensão de 8 metros de altura. Cada um dos santuários acredita-se ser um memorial à realeza balinesa do século XI, embora pouco se saiba a esse respeito.

Regressamos à cidade de Ubud a tempo de almoçar e onde poderás desfrutar da tarde livre para visitar o Palácio de Ubud, tomar um café no Templo Taman Saraswati ou perderes-te em compras pelo Pasar Seni, o maior mercado da cidade.

À noite, os templos de Ubud são invadidos por espetáculos de Dança Balinesa! É assistindo a um deles que nos despedimos desta magnifica cidade.

Alojamento: homestay

Refeições: pequeno-almoço

Dia 3 - Legian, Baliver

Hoje, pela manhã, seguimos rumo ao Templo Tanah Lot para sermos abençoados segundo a tradição Balinesa, assim a maré nos permita. Espera-nos então o resto de uma viagem feliz!

Ainda de manhã o nosso destino final é Legian, Kuta, uma das praias mais emblemáticas de Bali. Aqui nasceu o surf na ilha em 1936 com a chegada do americano Bob Koke e a sua longboard. Contudo, só em 1960 a modalidade se expandiu com a chegada de mais surfistas e a descoberta das consideradas melhores ondas do mundo na Península de Bukit.

Hoje em dia, Kuta é um destino altamente turístico em Bali, com ruas populosas, lojas, bares, restaurantes, discotecas e a sua praia continua a ser uma das melhores da ilha. Uma curva de areia branca que se estende por 8 Km, com ondas que fazem as delícias de surfistas novatos e experientes.

Até meio da tarde poderás desfrutar da loucura das ruas e ruelas ou então, porque não pegar numa prancha e ir surfar?

À noite, após o jantar, deixamo-nos levar pelos ritmos da louca Kuta!

Alojamento: bed & breakfast

Refeições: pequeno-almoço

Dia 4 - Parque Nacional Tanjung Puting, Kalimantanver

De manhã cedo partimos para a ilha de Kalimantan, a selva que apela a todos os que procuram aventura em território desconhecido.

Chegados ao aeroporto de Pangkalan Bun, iremos até Kumai onde embarcamos num tradicional barco de madeira, o Klotok.

Pacificamente exploramos as margens do rio Sekoyer e entramos no Parque Nacional Tanjung Puting, fazendo a primeira paragem no Centro de Reabilitação Tanjung Harapan. É aqui que a magia acontece! Começamos por ouvir galhos e ramos de árvores a quebrar, movimentos que nos parecem invisíveis e de repente, eles aparecem, os orangotangos, “pessoas da floresta”! Deslocam-se pelo topo das árvores para virem buscar alimento! Um momento que jamais irás esquecer: o teu primeiro encontro com orangotangos!

Continuamos rio acima e os olhos mais atentos poderão ver macacos narigudos, cebus, gibões, crocodilos e, com sorte, alguns orangotangos ao longo das margens.

A noite é passada a bordo da embarcação e ao som da floresta.

Alojamento: barco

Refeições: almoço e jantar (bebidas alcoólicas não incluídas)

Dia 5 - Parque Nacional Tanjung Puting, Kalimantanver

Acordamos com o nascer-do-sol, envolvidos na imensidão da floresta.

Após o pequeno-almoço seguimos a nossa viagem de barco até Pondok Tanggui e posteriormente para o famoso Centro de Investigação e Reabilitação Camp Leakey onde, logo à chegada, há a possibilidade de teres alguns orangotangos à tua espera. O Mário, é muito dados às boas-vindas!

Almoçamos e fazemos uma pequena caminhada (cerca de uma hora) pela floresta, que nos levará a mais um local de alimentação. A quantidade de orangotangos que aparece é fascinante e há ainda um gibão curioso!

Passamos mais uma noite a bordo.

Alojamento: barco

Refeições: pequeno almoço, almoço e jantar (bebidas alcoólicas não incluídas)

Dia 6 - Parque Nacional Tanjung Puting, Kalimantan - Rantepao, Sulawesiver

A manhã é ainda passada no Parque Nacional, mas já fazendo o regresso ao aeroporto. É tempo de relaxar, desfrutar da paisagem, observar mais alguns animais selvagens e recordar os momentos passados no meio dos orangotangos.

Sulawesi é a ilha que se segue! Chegados ao aeroporto de Makassar, seremos transportados até ao nosso chalé em Rantepao, numa viagem que durará cerca de 6 horas.

Alojamento: chalé

Refeições: pequeno-almoço e almoço (bebidas alcoólicas não incluídas)

Dia 7 - Tana Toraja, Sulawesiver

Hoje é dia de mergulharmos na cultura indígena Toraja, chamada Aluk, ou “o caminho”! Uma herança cultural com milhares de anos, bem presente e preservada.

Em Toraja, uma pessoa não é considerada morta até à sua cerimónia fúnebre, tomate. É esta celebração que é tão absorvente e que vamos tentar assistir!

A cerimónia é realizada muitas vezes semanas, meses ou anos após a morte, o tempo suficiente para que a família do falecido possa recolher os recursos necessários para cobrir as despesas do funeral. Durante o período de espera, o corpo do morto é envolto em várias camadas de pano e mantido na Tongkonan, casa típica, acreditando-se que a alma deste permanece em torno da vila até ao momento em que o primeiro búfalo é sacrificado; em seguida, o seu espírito pode começar a sua viagem até Puya (a terra das almas, ou vida após a morte). A parte das lutas e sacrifício de animais é considerada pelos torajanos como a mais emocionante do evento. No entanto, é um ritual que pode perturbar os mais sensíveis!

O dia da cerimónia caracterizado pelos sons de gritos e choros dos membros da família é quando o morto é então enterrado, mas não no chão. O seu lugar descanso final é uma caverna no topo de uma falésia!

É por esses originais túmulos, perdidos no meio da maravilhosa paisagem Toraja, que vamos andar durante o dia de hoje!

Alojamento: chalé

Refeições: pequeno-almoço

Dia 8 - Tana Toraja, Sulawesiver

*caminhada de dificuldade média-elevada, não aconselhável a quem tem vertigens, problemas de coluna e doenças cardio-respiratórias

Pela manhã, começamos a nossa caminhada, que durará dois dias*, pelas montanhas de Tana Toraja. O destino final de hoje, é a aldeia Limbong, onde pernoitamos numa casa típica Toraja, Tongkonan.

Até lá, desfruta da fascinante propagação de montes e vales, onde elegantes búfalos chafurdam por entre os exuberantes arrozais e da simpatia, hospitalidade e quotidiano das gentes das pequenas aldeias por onde vamos passando.

Alojamento: tongkonan, casa tradicional Toraja

Refeições: pequeno-almoço, almoço e jantar

Dia 9 - Tana Toraja, Sulawesiver

O dia de hoje, para os mais madrugadores, pode começar às 6 da manhã. Altura em que os meninos da aldeia se juntam todos para irem para a escola. Ficarás boquiaberto ao descobrir o caminho percorrido todos os dias por estas crianças!

Após o pequeno-almoço, retomamos a nossa caminhada de regresso a Rantepao, onde chegamos já depois do almoço.

É altura de descansar um pouco, jantar e apanhar o autocarro que nos levará até ao aeroporto de Makassar, para mais um voo.

Alojamento: autocarro noturno (sleeper bus)

Refeições: pequeno-almoço e almoço

Dia 10 - Kanawa, Nusa Tenggaraver

Hoje bem cedo, apanhamos voo em direção à Ilha de Flores, dominada pelos portugueses entre os séculos XVI e XIX. No entanto, é na Ilha de Kanawa, onde nos vamos instalar.

A tarde, neste pequeno paraíso tropical de areia branca e rodeada de recifes de coral, é livre! Aproveita para explorar a ilha, em parte intocada, relaxar ou fazer snorkelling. Se optares pela última opção, fá-lo de forma responsável, reduzindo ao máximo qualquer ameaça ao ambiente marinho!

Alojamento: bungalow

Refeições: -

Dia 11 - Parque Nacional de Komodo, Nusa Tenggaraver

Onde estão os famosos Dragões? É disso que vamos tratar hoje!

O Parque Nacional de Komodo, uma das Sete Maravilhas da Natureza, é constituído por várias ilhas de origem vulcânica, habitadas por cerca de 5700 lagartos gigantes, cuja aparência e comportamento agressivo levou a que fossem chamados de Dragões de Komodo, Varanus komodoensis. Uma espécie que não existe em mais nenhum lugar do mundo!

Logo pela manhã, partimos em direção à ilha de Rinca onde, acompanhados por um Ranger, fazemos uma caminhada de cerca de duas horas ao longo da ilha, em busca dos famosos Dragões. O seu avistamento não é garantido! Contudo, a vida selvagem desta ilha é riquíssima e para além de macacos, poderás ver búfalos, veados-de-Timor, cavalos, javalis, bem como algumas espécies de pássaros.

Mais duas ilhas se seguem! Brilhantes praias de areia branca e águas azuis surgindo ao longo do coral. Sem dúvida, uma das paisagens mais dramáticas que verás em toda a viagem! Aqui encontram-se as águas mais ricas do país, com recifes de coral diversos e luxuriantes, devido à água limpa, luz solar intensa e troca rápida de água rica em nutrientes a partir de áreas mais profundas do arquipélago. Mergulha noutro mundo, enquanto fazes snorkelling!

Alojamento: bungalow

Refeições: pequeno-almoço e almoço

Dia 12 - Kanawa, Nusa Tenggara - Padang Padang, Baliver

Pela manhã, partimos rumo a Labuan Bajo onde, dependendo da hora do nosso voo, poderemos deambular ao longo do porto e relaxar num café.

Estamos em Bali novamente, numa das ondas mais pesadas da Península de Bukit, Padang Padang! Após o almoço relaxamos entre mergulhos, nesta pequena praia a roçar a perfeição.

Alojamento: hotel

Refeições: pequeno-almoço

Dia 13 - Padang Padang, Baliver

Hoje, começamos o dia com uma manhã de trabalho voluntário em colaboração com Project Clean Uluwatu. Um projeto sustentável sem fins lucrativos, que tem como objetivo beneficiar a comunidade local e os visitantes de Uluwatu, desenvolvendo seu trabalho em três pilares: Gestão de Resíduos Sólidos, Gestão de Resíduos Líquidos e Educação.

A tarde é inteiramente livre para explorares a costa da Península de Bukit, onde se encontram surf breaks mundialmente famosos e das melhores praias de Bali!

Podes relaxar, surfar na praia de Padang Padang ou alugar uma scooter e visitar as praias de Balangan, Bingin ou Dreamland.

O fim da tarde será passado no Templo de Luhur Ulu Watu, onde assistimos à popular dança Kecak enquanto o sol se põe.

Alojamento: hotel

Refeições: -

Dia 14 - Regresso a partir de Padang Padang, Baliver

Último dia na Indonésia! É tempo de dar o último mergulho, a última surfada e aproveitar os últimos raios de sol até à hora do teu voo, quando serás transportado até ao aeroporto Ngurah Rai.

Boa viagem e terima kasih!

Alojamento: -

Refeições: -

O que está incluído?

  • Dias: 14
  • Alojamento: 2 noites em homestay, 2 noites em hotel, 2 noites em chalé, 2 noites a bordo de um barco típico klotok, 2 noites em bungalow, 1 noite em bed&breakfast, 1 noite em tongkonan (casa tradicional Toraja), 1 noite em autocarro noturno (sleeper bus)
  • Transportes: 7 voos domésticos; 2 viagens de barco; 1 viagem de autocarro; todos os transferes dentro das datas do programa
  • 18 refeições: 9 pequenos-almoços, 6 almoços e 3 jantares
  • Atividades: Todas as atividades mencionadas no programa
  • Guia no Parque Nacional de Tanjung Puting, Tana Toraja e Parque Nacional de Komodo
  • Seguro de viagem nas datas do programa
  • Acompanhamento e orientação durante toda a viagem pela Miriam Augusto
  • Grupos: 5 (mínimo), 11 (máximo)

Wanderluster

O que não está incluído?

  • Passagem aérea internacional
  • Visto: Não aplicável
  • Suplemento single: 165€
  • Alimentação não especificada
  • Atividades extra
  • Donativo para a cerimónia fúnebre
  • Visitas não especificadas
  • Despesas de carácter pessoal
  • Gorjetas

Próximas Datas

Testemunhos